Eaton de Valinhos automatiza setor de forjaria

Projeto pioneiro na companhia já tem 9 robôs; serão 19 até o fim de 2020

Por: Automotive Business 27/11/2019  

A fábrica da Eaton de Valinhos (SP) automatizou sua área de forjaria, tornando-se a primeira unidade da companhia em todo o mundo a executar esse projeto. A mudança, segundo a empresa, trouxe ganhos em ergonomia, segurança e competitividade.

O ambiente de forjaria conta com nove robôs e quatro linhas automatizadas. A previsão é que, até o fim de 2020, a automação esteja em todas as dez células e a área conte com 19 robôs em operação.

De acordo com o colíder do conselho de automação da Eaton, Edinaldo Fancio, a forjaria atende atualmente as fábricas da Eaton de Mogi-Mirim (SP), Valinhos e Caxias do Sul (RS). “Contar com uma forjaria local significa mais competitividade e agilidade no desenvolvimento de produtos pela flexibilidade na operação e velocidade na gestão de mudanças, além de custo 35% mais baixo quando comparado a forjados comprados”, diz Fancio.

A automação da forjaria exigiu o desenvolvimento interno de um robô capaz de reproduzir o movimento de um cotovelo humano na etapa de forjamento de eixos. Além disso, os projetos das novas células foram validados antes mesmo da construção a partir da utilização de óculos de realidade aumentada, que auxiliaram nos estudos de mudança de layout e validação.


Continua depois da publicidade


“Após a elaboração do desenho em 3D, transferimos todas as informações para os óculos, com os quais é possível visualizar in loco (na máquina) onde a nova automação ficaria. Com uma visão mais real, conseguimos otimizar o tempo e reduzir custos e riscos como colisão, por haver menos tempo de máquina parada”, afirma o técnico de processo na Eaton e líder da iniciativa na área da forjaria, Jaderson Melo.

A Eaton de Valinhos comemora 60 anos neste mês. Tem 105,8 mil metros quadrados de área. A forjaria ocupa 5,3 mil m² desse total.

Gostou? Então compartilhe:


Comentários