Artigos

Personalização na Indústria 4.0

A customização em massa é uma das características da nova revolução industrial para atender as necessidades dos consumidores
07/06/2020

Maior agilidade, inteligência, integração e automação na produção são benefícios comumente atribuídos à Indústria 4.0. Mas a combinação destes pode trazer outras vantagens não tão comentadas. A personalização da demanda é uma delas. 

As indústrias adequadas ao conceito 4.0 têm à sua disposição uma incrível quantidade de dados. O Big Data e a análise dessas informações permitem que a produção seja ajustada em tempo real e que as máquinas interajam entre si. Além de dados de produção e monitoramento fabril, informações sobre preferências dos clientes também são possíveis de serem adicionadas ao processo dentro das fábricas. 

Se preferir, assista o conteúdo deste artigo no Youtube:

Assim, por meio da união dos dados e tecnologias como manufatura aditiva, realidade aumentada e robótica colaborativa, a produção se torna mais flexível e customizada. O grande desafio da personalização sempre foi o preço e a impossibilidade de fazê-la em larga escala. Com estas tecnologias, porém, a customização em massa se torna possível, superando os desafios. 

A customização em massa é a resposta da indústria ao novo estilo de consumo. As pessoas procuram por produtos que estejam de acordo com suas preferências e os priorizam na hora de escolher o que comprar. 

Essa técnica permite que as fábricas produzam produtos personalizados em uma escala tão eficiente quanto a de produção em massa. 

Como viabilizar a customização em massa

No início o investimento é alto, as fábricas precisam contar com maquinário adequado ao conceito 4.0, que tenham maior integração entre si, para poder oferecer a personalização. Depois disso, é possível usar  técnicas de linha de montagem em produtos individualizados, basta programar o comando das máquinas - a tecnologia permite que o maquinário entenda os dados  e suporte decisões em tempo real.

Isso permite, por exemplo, que antes de comprar um carro, o consumidor escolha a cor do seu automóvel, configurações e pacote de benefícios de acordo com o seu gosto. Ainda é possível, no caso de produtos mais simples, oferecer a prototipagem personalizada para aprovação do consumidor por meio da manufatura aditiva

Se os custos do investimento para possibilitar a personalização são altos, o retorno também o é. Isso porque existe a certeza da compra, o consumidor já personalizou o produto da forma que mais o agrada. Além disso, ele enxerga um maior valor agregado, ou seja, está disposto a pagar a mais. 

Personalização em massa: o futuro das indústrias

Com um campo fabril adequado à indústria 4.0, as fábricas poderão integrar processos mais flexíveis, conectados, personalizáveis e capazes de entregar uma produção em larga escala sem custos adicionais significativos no processo diário. 

A customização em massa é mais uma ferramenta que as indústrias podem usar para se manter relevante no mercado e impulsionar as vendas.

 

Produzido por:

Gabriela Pederneiras

Jornalista | Assessora de imprensa | Redatora | CIMM


Comentários

 


Artigos Relacionados

Sustentabilidade na Indústria 4.0 - Imagem: The Manufacturer
Artigos

Sustentabilidade na Indústria 4.0


Novidades do DraftSight

O DraftSight®, software para desenho 2D e projeto 3D, trouxe novos recursos e melhorias!