Artigos

CCM (Centro de Controle de Motores) Inteligente e a Indústria 4.0

Entenda por que os centros de controle de motores inteligentes são fundamentais para a indústria 4.0
12/06/2019

Tem-se falado muito na Indústria 4.0, a chamada Quarta Revolução Industrial, na qual o mundo físico e o digital se entrelaçam intensamente. É onde os sistemas ciber-físicos (sistemas compostos por elementos computacionais e armazenados em nuvem) monitoram os processos físicos, propiciando tomadas de decisões em tempo real e de modo descentralizado.

Como resposta à crescente evolução nas inovações tecnológicas, espera-se que ocorram alterações fundamentais às necessidades dos novos tempos, tais como: redução ou fim de desperdícios; conservação ambiental; redução de custos; e eficiência energética.

A cadeia de produção do setor industrial inicia-se nos painéis elétricos, que devem ter a tecnologia de última geração como aliada. Então, para atender a exigência de mercado que é a inovação constante, investir em um Centro de Controle de Motores (CCM) Inteligente, ou Quadro de Comando Inteligente, é essencial, pois ele une todas as propriedades de um CCM convencional e ainda possui muitas outras funções que atendem às expectativas da nova era industrial.

O CCM Convencional é um painel elétrico onde ficam alocados os dispositivos de proteção e acionamento dos motores de máquinas e equipamentos em uma indústria. Eles possibilitam o seccionamento e a manobra de cargas e garantem a proteção dos motores. Isso sem contar que o quadro corretamente dimensionado e executado é essencial para a segurança do operador de máquinas, pois os comandos ficam centralizados em um painel com as proteções necessárias.

O CCM Inteligente, por sua vez, possui todas as características do painel Convencional e ainda é conectado a uma rede de comunicação, possibilitando fazer o controle das cargas à distância (de modo online). Para isso, ele utiliza partidas integradas inteligentes, inversores de frequência, soft starters com comunicação, controladores programáveis que interagem com uma série de parâmetros, sensores ou medidores digitais de grandezas elétricas. Assim, este quadro elétrico gera completos diagnósticos que localizam com precisão os problemas na produção de modo que se possa saber onde e como interferir, eliminando desligamentos desnecessários.

"Por conta de tais propriedades, o CCM Inteligente responde às expectativas cruciais na Indústria 4.0, pois reduz a chance de falhas, através de diagnósticos que permitem uma manutenção preditiva, diminuindo assim, o tempo de paradas e consequentemente perdas na produção; aumenta a segurança dos operadores dos painéis na indústria; e reduz custos, já que diminui a necessidade de manutenção", afirma Fábio Amaral, diretor da Engerey Painéis Elétricos, empresa especializada na fabricação de CCM´s, tanto convencionais quanto inteligentes.

Segundo Amaral, investir em automação e em equipamentos e máquinas de ponta tornou-se em todo mundo uma estratégia de negócio, fundamental para a indústria que pretende permanecer no mercado, na medida em que ganha competitividade, reduz custos e problemas relacionados à segurança e aumenta a qualidade na produção. 

Uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional das Indústrias (CNI) revelou que 42% das empresas brasileiras ainda desconhecem o potencial e as necessidades de aplicação da digitalização. "A Indústria 4.0 passou de tendência para uma realidade da qual as indústrias em geral não poderão escapar", conclui o diretor da Engerey.

Produzido por:

Engenharia de Comunicação


Comentários

 


Artigos Relacionados

Se sua empresa não é boa em Analytics, ela ainda não está pronta para a Inteligência Artificial
Artigos

Se sua empresa não é boa em Analytics, ela ainda não está pronta para a Inteligência Artificial

Muitos gestores (normalmente os desinformados) assumem que podem desconsiderar as práticas básicas recomendadas para análise de dados (Analytics), indo diretamente para a adoção de Inteligência...

Publicidade »

Publicidade »


Simulação do Processo de Fundição

Eduardo Faria de Souza Machado, Altair Engineering do Brasil


Publicidade »

Publicidade »