Artigos

Como a indústria pode superar os desafios de produção na pandemia de coronavírus

22/06/2020

Talvez, o maior desafio na superação da crise atual, seja o combate desigual, que depende da infraestrutura de cada país e os serviços que cada localidade pode entregar aos seus moradores. O cenário desafiador leva as indústrias a um desafio maior, independentemente de sua localização: as interrupções na cadeia de suprimentos.

Não apenas as mudanças na cadeia de suprimentos variam muito de país para país, mas a situação real do modal envolvido frente às respostas dadas à pandemia em andamento. Estamos diante de uma realidade em que as soluções que funcionaram ontem podem não funcionar hoje e, muito menos, no futuro próximo. A situação requer reavaliação constante, tomada rápida de decisões e execução ágil.

As mais que necessárias medidas de isolamento social de combate à pandemia de Covid-19 causaram queda do setor produtivo brasileiro em abril, considerado o pico da crise. Segundo o IBGE, foram afetados o faturamento real, horas trabalhadas na produção e utilização da capacidade instalada que caíram para os menores níveis desde 2010. O emprego industrial foi o menor desde 2004 e a atividade industrial foi a mais baixa da década, segundo o instituto de pesquisa.


Continua depois da publicidade


Enquanto muitas indústrias apresentam enormes perdas de produtividade, algumas linhas de produção, como por exemplo, alimentos, bebidas e produtos de tabaco, estão experimentando um número recorde de pedidos neste período.

Outro segmento que apresenta crescimento é o da indústria de equipamentos essenciais ao combate à pandemia, como ventiladores, máscaras cirúrgicas e outros produtos de EPI, combinados com um declínio na demanda por outros produtos de consumo.

Essas mudanças repentinas forçaram os fabricantes a adaptar suas linhas de produção o mais rápido possível para atender a demanda, abandonando - ou modificando radicalmente - a sua linha de produtos principal. As cadeias de suprimentos também foram afetadas, assim como o comportamento do consumidor, que está criando alta demanda temporária por produtos específicos - em boa parte nunca antes consumidos - sobrecarregando ainda mais as linhas de produção.

Análises do negócios em papel ainda se mantém

Muitos executivos ligados à manufatura são obrigados a trabalhar em casa (home office), limitando a visibilidade no chão de fábrica, da cadeia de suprimentos e análises de negócios. Apesar da disponibilidade de soluções digitais, o gerenciamento da área de produção geralmente permanece baseado em papel, dificultando a obtenção de uma imagem do que está acontecendo para funcionários que não podem estar fisicamente lá.

Como resultado, a capacidade de monitorar e coletar dados remotamente se torna um recurso crucial e não é mais apenas um recurso "bom de se ter", mas passa a ser vital nestas condições de hoje.

Empresas de todo o mundo procuram tecnologia para ajudá-las a gerenciar a nova situação e com as indústrias isso não é diferente. Felizmente, existem várias maneiras pelas quais as fábricas podem se tornar mais eficientes, lucrativas e mais fáceis de gerenciar usando a tecnologia.

Como as tecnologias da Indústria 4.0 podem ajudar

O coronavírus e a indústria não combinam bem, mas, apesar de todos os desafios, os gerentes da cadeia de suprimentos podem criar resiliência em meio à atual pandemia.

Existem muitas variáveis em constante mudança. Algumas indústrias, como a do agronegócio, estão tentando avançar para um modelo "direto ao consumidor" como resultado do impacto da pandemia da COVID-19. Essa é uma mudança que pode persistir muito tempo depois que a crise sanitária passar, onde pular as etapas de processamento e envio se tornaria o novo padrão para muitos produtos que não eram distribuídos dessa maneira antes.

Enquanto as cadeias de suprimentos estão contratando de global para local e vice-versa, as cadeias de suprimentos sempre dependem de muitas partes móveis. Portanto, independentemente das mudanças que estamos vendo, a capacidade de se adaptar rapidamente às mudanças continuará sendo crucial. E é por isso que a transição para a Indústria 4.0 não é mais opcional. Ela passou a ser mandatória.

Dados em tempo real ajudam na recuperação da indústria

Não apenas em meio à crise do coronavírus, os líderes empresariais devem sempre tomar decisões rápidas e imediatas para sustentar as operações comerciais e proteger seus funcionários (seu maior bem). Um dos principais benefícios da Indústria 4.0 é uma menor incerteza em virtude da introdução de dados e análises em tempo real no processo de tomada de decisão. Diante de rápidas mudanças nas cadeias de suprimentos, os executivos precisam de dados confiáveis e acionáveis para mitigar riscos, a fim de manter a produção em andamento.

As cadeias de suprimentos estão se adaptando às várias restrições, quarentenas e regulamentações impostas pelos governos ao redor do mundo e também no Brasil. Sem informações em tempo real há um risco significativo de atrasar a chegada de equipamentos e peças chave, resultando potencialmente em grandes interrupções.

Medir dados de OEE (Overall Equipment Effectiveness) e de máquinas em tempo real também é fundamental para as indústrias. Os clientes provavelmente estão pedindo descontos, tornando ainda mais importante que os fabricantes possam calcular seus OEE para garantir que permaneçam rentáveis. Nenhuma empresa deseja voltar a analisar seus dados apenas para descobrir que certos pedidos que considerava rentáveis não eram.

Embora a maioria das organizações da cadeia de suprimentos tenha uma estratégia de gerenciamento de riscos, o surto atual da pandemia não é um evento típico. Os gerentes de produção enfrentam desafios em uma escala que excede a tudo o que poderíamos ter preparado.

Não é porque que não conseguimos nos preparar para isso que não iremos conseguir nos adaptar.

Acesso remoto para os executivos e funcionários de manufatura

À medida que as quarentenas se expandem em muitas regiões, a presença física no chão de fábrica geralmente fica fora de questão. Como muitas fábricas são afetadas pela paralisação, o spread da COVID-19 e os níveis de produtividade dos fabricantes se tornam cada vez mais entrelaçados. Embora os processos manuais e anteriormente em papel fossem um mero inconveniente, de repente, a velha maneira de fazer as coisas não é mais viável.

Se os líderes empresariais estiverem trabalhando em casa, eles não poderão tomar decisões informadas usando processos baseados em papel. Ou em meras suposições. Eles terão que acessar os dados do ERP agora, de casa, e não somente quando retornarem à fábrica.

Garantir o acesso remoto é peça do quebra-cabeça para o gerenciamento bem-sucedido da crise de coronavírus. Garantir acesso a todos os dados, relatórios e máquinas relevantes remotamente às pessoas que precisam desses dados pode fazer toda a diferença.

Gerenciando os riscos

Para lidar com esta crise sanitária, os gerentes da cadeia de suprimentos precisam adotar uma abordagem orientada a dados para o gerenciamento de riscos e se concentrar em criar flexibilidade suficiente em seus processos de fabricação e se proteger contra futuras interrupções. As fabricantes precisam se concentrar cada vez mais no desenvolvimento de estruturas robustas que abranjam os recursos abrangentes da Indústria 4.0 durante todo o processo de fabricação. Essa revolução resultará na adaptabilidade de ponta a ponta em toda a cadeia de suprimentos, capaz de suportar crises atuais e futuras.

Como o gerenciamento de riscos se torna uma parte cada vez mais importante do trabalho do gerente da cadeia de suprimentos, acredito que dados precisos e recursos analíticos poderosos são cruciais para sobreviver no ambiente em constante mudança.

Produzido por:

Rodney Repullo

CEO da Magic Software Brasil


Comentários

 


Artigos Relacionados

Consultoria aponta procedimentos de segurança cibernética para o pós-Covid-19
Artigos

Consultoria aponta procedimentos de segurança cibernética para o pós-Covid-19

Empresas devem reavaliar impactos da pandemia e protocolos de segurança a fim de garantir a proteção de seus dados e a continuidade de suas operações
Darwinismo digital e transformação digital na era AC/DC - Imagem: It Forum 365
Artigos

Darwinismo digital e transformação digital na era AC/DC

Antes de navegarmos no Darwinismo Digital, preciso confessar que muita coisa mudou desde quando pensei em compartilhar o tema contigo


Novidades do DraftSight

O DraftSight®, software para desenho 2D e projeto 3D, trouxe novos recursos e melhorias!